Oficina de perna de pau anima as crianças do bairro Piedade, em Ouro Preto

Julho 23, 2019

Foto: Raíssa Lessa

Texto e Foto: Raíssa Lessa

As crianças do bairro Piedade reviveram a tradição do circo na oficina de perna de pau, realizada no Centro Cultural da Piedade, em Ouro Preto, nos dias 16, 17 e 18 de julho. A atividade faz parte da programação do Festival de Inverno de Ouro Preto, Mariana e João Monlevade.

Orientados pelo dançarino e arte-educador Vinícius Amorim, formado no curso de Artes Cênicas da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), as crianças começaram aprendendo a técnica básica para andar e se equilibrar em cima das pernas de pau. À medida que os alunos ganhavam intimidade com os aparelhos, o oficineiro ensinava novos movimentos, mais complexos. Os pequenos marchavam de um lado para o outro e iam ganhando confiança a cada passo. Entre um tombo e outro, eles também aprenderam que cair faz parte, e que levantar e seguir em frente são as coisas mais importantes. Vinicius conta que a oficina pretende ir além de apenas ensinar a arte da perna de pau. Ela busca ampliar os horizontes e despertar a consciência corporal e o autoconhecimento nas crianças. “Trazer a oficina e as técnicas do circo e das artes cênicas faz com que nós consigamos desenvolver um novo pensamento, uma nova construção de identidade e subjetividade nessas crianças”, completa.

Vinícius também ressalta a importância de trazer as atividades do Festival de Inverno para os bairros periféricos da cidade e vê a iniciativa como uma forma de enriquecimento cultural, especialmente para as crianças. “Trazer a oficina para a Piedade, sendo que a demanda partiu dos próprios moradores, é uma formação para que eles possam aprender algo diferente e construir um novo imaginário”, acrescenta. 

Rhyan Silva, de 11 anos, o “perneiro” mais desenvolto da turma, conta que já havia feito a oficina no Festival de Inverno de 2018 e está adorando poder participar novamente. “Gosto de andar nas pernas de pau, porque é uma coisa que todo mundo acha difícil, mas se você se esforçar pra aprender, fica fácil”, brinca. 

O Centro Cultural da Piedade é um projeto de extensão da UFOP em parceria com a comunidade local, em atividade desde 2016. O espaço conta com uma biblioteca e oferece aulas de reforço e idiomas gratuitamente para a os moradores, lecionadas por alunos voluntários da UFOP, além de receber as oficinas do Festival de Inverno no período de férias escolares.